Dependência Química/Alcoolismo

ADVERTÊNCIA! Este artigo pode ajudar a salvar vidas e resgatar famílias.

Tudo começa num gesto que para muitos, é inofensivo ou uso casual, mas cada ser ter uma resistência, resiliência e controle.

O primeiro trago num cigarro é por pura curiosidade, assim como experimento de bebida alcoólica e entorpecentes. Pode ser por estar em companhia de consumidores/usuários ou até mesmo por já ser um hábito dentro do próprio lar.

Outros procuram esse caminho, por ouvirem dizer que faz sair da realidade cruel em que está vivendo, aliviando as dores e abrindo a mente, mas CUIDADO, pois é PURA ILUSÃO!

O que parece ser um uso opcional, pode estar fora do controle há tempos e o usuário nem percebe, pois já se tornou um hábito, parte do seu cotidiano.

A família e amigos, além de ajuda profissional, é parte fundamental no resgate desse ser, que em sua maioria, são trabalhadores (as) e de bom coração.

É importante as pessoas próximas identificar os sinais, como hábitos diferentes , mudança física, comportamento agressivo ou recluso e mudanças físicas.

A família deve reforçar o amor por esse usuário, não deixando-o se isolar, não apontando, condenando, brigando o tempo todo, depois pode ser tarde demais, pois a perda será para sempre. Deve buscar também o que ele não consegue, que é a ajuda profissional e desse modo, até as pessoas mais próximas saberão como lidar melhor com essa situação.

Todos são envolvidos no problema, pais, irmãos, filhos, amigos e é muito doloroso assistir o usuário sem saber o que fazer e o motivo pelo qual entrou nesse mundo e não "quer" sair.

A química causada pela drogadição ou toxicodependência é avassalador, incontrolável e sim, o usuário precisa muito de ajuda. Ele pede socorro não com palavras, mas com os lágrimas, com promessas, e até brigando.

A auto defesa de que tem controle da situação já é um sinal muito importante de que tem algo errado.

Deixamos aqui, alguns links para entender melhor esse submundo... ouça no fone, enquanto anda ou numa atividade em que não precisa de tanta concentração, mas não ignore esses depoimentos, pois isso poderá inclusive, a identificar se isso está acontecendo dentro de sua casa.

E acredite, isso acontece em qualquer classe social, não se restringi a condições financeiras, porém nas famílias carentes o tratamento é mais complicado, por já viver em meio a violência, ambiente de tráfico, e até em situação de rua e por isso que nós do GOAS acolhemos esses Dependentes, pois acreditamos na reabilitação de indivíduos do bem e recuperação da família.

https://youtu.be/uYaraIlrrgY (Depoimento de Casa Grande)

https://youtu.be/UddSg3U88Cw (Depoimento da esposa do Chorão)

https://youtu.be/KsN-F2Z3Aso (Dependência de Chorão do Charlie Brown Jr.)

https://youtu.be/QeLETBlmfRQ (Depoimento de uma mãe)


Ajude-nos a atender à um pedido de SOCORRO

12 visualizações

© 2018 por Folheto de Caridade. Orgulhosamente criado por Comunicação GOAS